Documento sem título
   
       
   
Vivace
 
Produtos
 
Profissionais
 
Orçamentos
 
Contato
 
     
Saúde e Bem-Estar
     
 
Notícia - 31/05/16 - Chá Verde e Matchá: Dupla poderosa para sua saúde! 31/05/16 - Chá Verde e Matchá: Dupla poderosa para sua saúde!

Os benefícios do chá verde para o organismo são inúmeros: vão desde a beleza da pele até a saúde do coração.

A erva facilita a absorção dos nutrientes dos alimentos e a eliminação de substâncias indesejáveis, tais como agrotóxicos.

O chá verde é extraído da planta Camellia sinensis e é famoso por possuir alta concentração de antioxidantes. No chá verde também encontramos alta concentração de caroteno, vitaminas C e E, substâncias que atuam no rejuvenescimento do organismo.

O chá verde é rico em manganês, potássio, ácido fólico e vitaminas (B1, B2, C, E, K). Ele também é rico em tanino — que diminui a taxa de LDL (colesterol ruim) e fortalece as artérias e veias, favorecendo a prevenção de doenças cardíacas e circulatórias. Possui bioflavonoides e catequinas, substâncias que previnem as alterações celulares que dão origem aos tumores.

Durante o processamento, as folhas da erva sofrem pouca oxidação e retêm a sua cor original, por isso o nome “chá verde”.

Benefícios do Chá Verde

O chá verde contém alta concentração de antioxidantes, carotenos, minerais e vitaminas. Essas substâncias possuem efeitos protetores ao nosso organismo. Portanto, ele garante vários benefícios à nossa saúde, prevenindo contra diversos problemas de saúde:

Câncer: Os polifenóis do chá verde atuam contra a enzima quinol-oxidase; enzima esta que estimula o crescimento de células cancerosas no intestino, esôfago, pulmões, mama e pele. Os polifenóis também ajudam a proteger as células saudáveis.

Doenças cardíacas: O princípio ativo do chá reduz o risco da adesão de placas de gordura aos vasos sanguíneos, ajudando a prevenir a arteriosclerose. Também tem efeito anticoagulante.

Acne: O chá verde ajuda a repelir as bactérias que causam as espinhas e reduz a inflamação. Também diminui as chances de pele seca, coceira e alergias por contato.

Depressão imunológica: Uma das substâncias presentes no chá, a etilemina, amplia a capacidade de certos integrantes do sistema das células imunológicas.

Alergia respiratória: Os polifenóis bloqueiam os receptores celulares envolvidos na resposta aos estímulos alergênicos que desencadeiam as reações típicas das renites.

Obesidade: O chá verde acelera o metabolismo, facilitando a queima da gordura corporal.

Colesterol alto: Seus compostos reforçam as artérias, diminuem as taxas de colesterol ruim e bloqueiam o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos.

Envelhecimento precoce: Por ser rico em flavonoides — substâncias antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres — o chá verde atua combatendo o envelhecimento precoce. Além disso, a erva é rica em tanino, substância com propriedade antisséptica e adstringente. Por isso, a planta é indicada também para limpar e equilibrar peles oleosas.

Modo de preparo do Chá Verde

- Esquente a água. Para preparar o chá verde, a água não precisa ferver por completo, basta que a ebulição tenha começado;

- Faça uma infusão com uma colher de sopa rasa da erva para cada xícara de água quase fervente;

- Deixe agir por 5 minutos e coe logo em seguida;

O efeito do chá é mais completo se ele for tomado imediatamente após o preparo.

Para melhorar a imunidade e prevenir doenças: 1 xícara por dia.

Para emagrecer: 3 xícaras por dia. Procure distribuir essas 3 xícaras ao longo do dia.

Para maior eficácia, é necessário ainda seguir um cardápio orientado por uma nutricionista. Para ter um resultado ainda melhor, inclua a prática de exercícios físicos.

Efeitos colaterais do Chá Verde

Os efeitos colaterais são incomuns quando o consumo é com moderação.

Um dos efeitos mais comuns para muitos pessoas é sentir um embrulho no estômago. Os taninos do chá verde aumentam o ácido do estômago. Então, se você bebeu o chá antes de comer, pode dar-lhe uma dor de estômago, uma sensação de náusea, ou causar constipação. É melhor sempre beber o chá verde após uma refeição ou no intervalo das refeições.

As catequinas do chá verde pode causar uma diminuição na absorção de ferro a partir dos alimentos. Se você tem anemia por deficiência de ferro, recomenda-se o consumo do chá longe das refeições.

Como o chá verde possui cafeína, quem tem intolerância à substância pode sentir algumas sensações como dor de cabeça, irritação e tremor.

L-teanina (Composto do chá verde)

A L-teanina, aminoácido presente no chá verde, tem semelhança estrutural com a Glutamina e outros neurotransmissores que são produzidos a partir dele (GABA e glutamato) e é conhecido por ter ação no sistema nervoso central (cérebro).

A principal propriedade da L-teanina é atuar como um agente relaxante sem sedação. Também está associada a uma redução da percepção de estresse e melhora de atenção. Desta forma, enquanto a L-teanina não parece induzir o sono, ela pode melhorar a qualidade do sono, devido ao seu efeito relaxante.

Benefícios da L-teanina

- Controla a ansiedade e estresse;
- Protege o sistema nervoso central (SNC);
- Melhora a qualidade do sono;
- Possui ação protetora do fígado;
- Protege o sistema cardiovascular;
- A quantidade recomendada por dia é de 200 a 500 mg.

E o Matcha?

O matcha é uma versão mais potente do chá verde, com ainda mais antioxidantes. É feito da folha do chá verde, desidratada e moída após um cultivo especial.

Assim como o chá verde, contém cafeína, que proporciona sensação de alerta, além de catequinas, fitoquimicos que ajudam a prolongar o pico de energia gerado pelos alimentos. Possui ainda mais L-teanina, resultando em um efeito antiestresse e neuroprotetor. Relaxante, diminui a produção de cortisol, melhora o humor e atua sobre as ondas alfa (um tipo de onda cerebral ligado à tranquilidade e à concentração).

Os efeitos mais comprovados são a prevenção do câncer por conta dos antioxidantes, que previnem danos à estrutura celular, e o controle do peso, por conta da ação termogênica da cafeína.

Na produção do matcha, as folhas da Camellia sinensis são protegidas do sol com uma lona, um mês antes da colheita. Depois de colhidas, elas são enroladas e expostas ao vapor d’água. Secam naturalmente, sofrendo oxidação e preservando seus polifenóis naturais. No fim, são moídas e transformadas em um pó verde.

O sabor do matcha é mais suave, menos amargo que o chá verde, e seu pó pode ser usado em receitas ou misturado a bebidas quentes ou frias.

Modo de usar

O matcha pode ser preparado de modo alternativo e rápido. Basta colocar a água quente sobre ele e misturar até que se formem bolhinhas nas bordas da xícara. Pode ser usado também em sucos verdes e vitaminas.

Fonte: Beleza e Saúde
 
 
Leia também:
10/08/16 - Os melhores exercícios para perder barriga 10/08/16 - Leite engorda ou emagrece? 04/08/16 - Saiba porque o açúcar faz tanto mal à saúde
 
Documento sem título
 
Faça sua busca
 
 
 
 
Teleatendimento: (12) 3922-3922 / 3911-6611
Novo Endereço: Rua Francisco Paes, 108 - Centro
CEP:12210-100 - São José dos Campos / SP
 
 
Sobre nós
Vivace
Qualidade
Serviços
Convênios
Produtos
Ativos
Linhas de Revenda
Canais
Profissionais
Artigos Profissionais
Saúde e Bem-Estar
Atendimento
Fale Conosco
Orçamentos
Fale com a Farmacêutica
 
Vivace News
 
 
 
Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet